Escambo de fotos, olhares e ideias

 

Foto Escambo – Paraty em Foco 2011

Uma das coisas mais importantes que me ensinaram quando eu estava começando a estudar fotografia é que fotógrafo tem que ver muitas fotos. Ver o trabalho dos outros como espectador e também como fotógrafo, colocar-se  no lugar do autor da foto e estudar suas opções estéticas e técnicas é a melhor forma de educar o seu olho e o seu cérebro.

Hoje em dia a internet facilita bastante esta prática com milhões de fotografias à sua disposição a um simples click de distância, mas essa abordagem pode ser enganadora. Sites de fotografia como Flickr e 500px possuem milhões de fotos, mas as mais vistas ou mais votadas ou selecionadas pelos editores geralmente seguem um padrão estético que pode ser fruto de “modismos”, de preferência pessoal (no caso de fotos escolhidas pelos editores) ou de um trabalho de autopromoção bem feito (no caso de fotos votadas por participantes). Ver somente essas fotos, por melhores que elas sejam, pode acabar por viciar o seu olhar e limitar a sua criatividade.

A solução é beber de várias fontes. Veja sim os “Flickr” e os “500px” ou os sites da moda, mas não se limite às fotos mais votadas ou em destaque, procure ver um pouco de tudo pois muitas vezes analisar uma fotografia “ruim” pode ensinar muito. Na internet procure também os clássicos e os mestres consagrados e tente entender por que diabos eles viraram “mestres”. Participar de fóruns e listas de fotografia pode ser muito enriquecedor, mas muito cuidado com os típicos “fotógrafos de fórum” e, principalmente, com os “Gurus de fórum” que te darão aulas sobre como a marca que eles usam é melhor que a rival e te mandarão rezar o terço da regra dos terços.

Mas mesmo com essa abordagem cuidadosa e diversificada a internet não substitui a experiência presencial. Vá a exposições e eventos de fotografia, mesmo que saia de lá achando que não viu nada que preste. Participe de festivais de fotografia e encare isso como compromisso de trabalho. Ver as fotos de outros fotógrafos da sua região é tão importante quanto ver as fotos dos Russos “da moda”. Conhecer e conversar com pessoas de interesses similares (ou diferentes) também não vai fazer mal algum.   

Por diversas vezes eu mencionei o Fotoescambo aquí no blog, mas para quem não leu faço questão de explicar novamente:

Fotoescambo é uma iniciativa do fotógrafo Hans Georg,  é uma brincadeira onde um varal com fotos é pendurado e, quem quiser, pode pegar uma foto para si e pendurar uma sua, entretanto existem algumas regrinhas que deixam a coisa muito mais divertida.

As fotos devem ser produzidas em tamanho mínimo de 20x30cm, preferencialmente por um processo de impressão de qualidade e de longa permanência. Elas são cadastradas e numeradas antes da troca (inclusive as suas) e não podem possuir qualquer identificação do autor. Você só descobre a autoria das fotos que pegou depois do fim do evento quando a organização divulga a lista dos nomes dos autores e números das fotos. Devido ao porte e à qualidade desse evento muitos fotógrafos de peso doam cópias antecipadamente ou participam presencialmente e muitas pessoas acabam descobrindo que levaram pra casa fotos maravilhosas de fotógrafos consagrados.

Cada pessoa pode cadastrar para trocar um número limitado de fotos, geralmente até três. Com um “capital” limitado a brincadeira fica muito mais divertida pois você é obrigado a avaliar e escolher bem.

É formada uma fila e em cada visita ao varal você só pode trocar uma foto. Se quiser outra tem que voltar para o fim da fila. Isso evita “arrastões” no varal, gera uma expectativa divertida e, mais importante, uma incrível interação entre as pessoas da fila. Você acaba conhecendo e conversando com muita gente.

Sem participar é difícil de entender o quão gratificante é a brincadeira. Você fica feliz por pessoas escolherem a sua foto, fica feliz por pegar fotos maravilhosas, fica na expectativa de descobrir o autor, conhece e conversa com muitas pessoas e, o mais importante e enriquecedor, se obriga a olhar e analisar atentamente muitas fotos com a real possibilidade de pendurá-las na sua parede.

Neste sábado, 18/08/2012, acontecerá um Fotoescambo na cidade do Rio de Janeiro, no Centro Cultural da Justiça Federal na Cinelândia, das 12:00 às 19:00hs, como apoio da Epson, Canson, Riguardare e da Imagem Impressa.

É a chance de fazer um belo passeio de sábado pelos centros culturais do Rio, participar de um evento sensacional e, de quebra, levar para casa algumas joias fotográficas.

O CCJF fica na Cinelândia, na Av. Rio Branco, 241 – Centro – Rio de Janeiro – RJ.

O Estúdio de Impressão Imagem Impressa está apoiando o evento e dando um desconto promocional para as fotos destinadas ao Fotoescambo, produzidas nos próximos dias em nosso estúdio ou na hora no local, onde estaremos com um mini estúdio de impressão montado. Recomendo que os interessados se antecipem e produzam suas imagens antes, pois na hora teremos menos opções de papéis e pode ocorrer alguma demora caso muitas pessoas desejem imprimir ao mesmo tempo.

Até lá!

6 comments to Escambo de fotos, olhares e ideias

Deixe uma resposta

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>