Aviso aos navegantes (e aos corsários):

Veleiro em Megali Ammos

 
Para quem não sabe, o Google está mudando por estes dias as suas regras de indexação de sites. Nada fora do normal, pois isso acontece com alguma frequência, mas o ponto importante dessa mudança é que uma das características do novo algoritmo é punir os “plagiadores” de textos.

Explico:

Uma das maiores pragas da internet é o grande número de blogueiros parasitas, pessoas que não produzem conteúdo e apenas copiam conteúdo dos outros, muitas vezes sem autorização e sem os devidos créditos. Estas pessoas estão enchendo a internet de lixo, pois, por mais que o conteúdo seja relevante, ele já está postado em algum lugar e não existe necessidade de postá-lo em outro, bastaria citar a existência e fornecer o link. Mas estes “parasitas” não fazem isso porque querem atrair tráfego para seus sites as custas dos textos de outros e, muitas vezes, sem dar o devido crédito.

Para diminuir essa bagunça, facilitar as buscas e reduzir a quantidade de processos burocráticos envolvendo Google em casos de plágio, eles estão desenvolvendo uma nova metodologia de indexação que irá punir automaticamente e até excluir permanentemente da busca os sites que contiverem conteúdo copiado de outros. Ao que parece o algoritmo será bem estruturado, não se baseando em coisas idiotas e fáceis de adulterar como “data de postagem”. Fora isso, o Google está contratando 6 mil funcionários para auxiliar na interpretação humana dos resultados.

O que isso significa? Por um lado é uma notícia excelente para qualquer produtor de conteúdo, boa mesmo até para os usuários em geral que terão uma internet mais saneada, com resultados de busca mais enxutos, objetivos e direcionados para as fontes da informação. Este texto pertence a Geraldo Garcia e o original pode ser visto em blog.geraldogarcia.com

Por outro lado é uma dor de cabeça! Muita gente que reproduz textos com autorização, créditos e links para os originais vai ser penalizada e ter seus sites excluídos da busca junto com os “parasitas”. Como nenhum sistema é perfeito, é certo que até mesmo alguns produtores de conteúdo terão seus sites penalizados por equívocos, até conseguirem esclarecer tudo.

Isso nos obriga uma mudança de postura para nos adaptarmos a essa nova realidade:

Os “copiadores” de conteúdo, mesmo os autorizados e que dão crédito, deverão substituir os textos completos de terceiros por simples citações não muito grandes (“excerpts”) que contenham próximo ao título, e de forma legível, o nome do autor e no fim da citação um link como “Para ler mais visite o site original em www…”. Quem não fizer isso poderá ser penalizado mesmo que o autor não faça qualquer reclamação.

Os produtores de conteúdo passam a ter mais uma obrigação, além da moral, de denunciar todos os casos de reprodução não autorizada dos seus artigos: A obrigação da sobrevivência, pois seus sites poderão ser penalizados “no bolo” por acidente se não se pronunciarem.

São “novos tempos” e sobre isso não cabe opinião. O Google é soberano sobre a forma como presta seu serviço de busca e quem não concorda com sua postura que não se importe, então, de ser excluído dos seus resultados.

Abraços.

OBS1: Aos amigos que reproduzem meus textos de forma autorizada e correta peço que se adequem a estas regras para que não sejam injustamente penalizados (com textos de qualquer pessoa).

OBS2: Aos pilantras sugiro que façam o mesmo pois todos os artigos aqui presentes estão registrados na Biblioteca Nacional (embora isso não seja necessário) e eu já estou buscando e denunciando cópias. Em dois dias quatro páginas já foram removidas da busca.

22 comments to Aviso aos navegantes (e aos corsários):

  • Olá Geraldo,

    Nem blog tenho ainda mas achei muito louvável a sua atitude ao escrever o artigo, aliás como sempre foi louvável seu trabalho no blog, compartilhando sua experiência e conhecimento. Obrigado e parabéns!

    Grande abraço.

  • Ricardo Uehara

    Geraldo .
    Arigatou por participar .
    Abraços.

  • João Araujo

    Seria interessante indicar de onde partiu essa informação de que o Google está mudando a forma de indexar sites. Faltou essa informação crucial.

  • Milton Majella

    Sem blog também, já repassei pro meu universo conhecido.
    Grande abraço.

  • Excelente notícia Geraldo!

    Eu não estava sabendo desta alteração, mas a considero muito bem vinda! Embora meus textos e artigos não sejam tão elaborados quanto os seus, eu já tive algumas dores de cabeça com esse tipo de “reprodução indevida”.

    Obrigado por manter o pessoal à par das novas regras!

  • Pô Geraldo, você realmente é do bem! Os “pilantras” iam ficar surpresos com as novas regras…. Eu, mesmo com o registro na Biblioteca Nacional e cartório, já tive apostilas de treinamento pirateadas descaradamente. Mais uma bola dentro do Google !

    • Geraldo Garcia

      Isso é uma praga, mas como muita gente republica meus textos de boa fé, apenas querendo divulgar, eu me senti obrigado a avisar.

      Grande abraço.

  • […] This post was mentioned on Twitter by Marcelo dos Santos, Jussara Martins, imagemimpressa, Felipe Schiavon, Solução & Imagem and others. Solução & Imagem said: RT @Geraldo_Garcia: "Aviso aos navegantes (e aos corsários)" – Novo post no Blog http://bit.ly/f4iWI3 […]

  • Olha ja soube disso, ainda bem que meu conteudo é original =)

    O problema agora é que vou ter que ficar olhando de tempos em tempos que está me copiando =/

    • Geraldo Garcia

      Pegue pedaços relevantes dos seus textos e faça buscas no Google. É bem fácil pegar os plagiadores assim, mesmo quando mudam algumas palavras.

      Abraços.

  • Mad

    Ola Fábio
    A notícia não é novidade para àqueles que sempre tentaram exterminar os plagiadores, mesmo que esta praga insista em afetar ótimos blogs e sites na internet
    As mudanças podem mostrar que algo está sendo realizado com o único objetivo de valorizar o trabalho sério de muitos
    Valeu por compartilhar
    Um forte abraço
    Mad

  • Olá!
    Já tinha lido algo a respeito, mas muito superficialmente, e aqui compreendi melhor essa nova informação!
    Bom, eu não sou plagiadora, graças a Deus, mas já tive vários textos meus plagiados. Na última ocorrência acionei o Google e o mesmo resolveu o assunto em 1 semana , mais ou menos. O que me deixou muito satisfeita, pois a pessoa que plagiou havia alterado o horário (sei lá que mecanismo ela usou), mas para o Google o que valeu foi o registro deles sobre a minha publicação. Resultado: excluíram o texto do blog dela e ainda a penalizaram tirando o blog do ar por alguns dias.
    Achei muito justo e uma medida que deixa a nós, autores e escritores, menos à mercê desses parasitas que não copiam apenas textos, mas se apropriam de sentimentos também!
    Grande abraço!
    Jackie

  • Essa notícia vai pegar todo mundo de surpresa hehehehehe

    Como você disse, o algoritmo não é perfeito, isso poderia preocupar, e preocupa, mas o fato é que a Google gosta de peneirar por cima, eles não são loucos de jogar sua popularidade pelo ralo.

    Apesar disso, essa é uma boa notícia, serve para alertar os copiadores e valorizar quem se mata para criar textos.

    Normalmente, costuma-se dizer que dependendo do tamanho do comentário, comparado com o tamanho do texto, dividido pela qualidade de ambos, chega-se ao autor ou copiador.

    Vamos aguardar.

    ABS

  • Gabriel Marigo

    Já cansei de denunciar plagiadores para os donos dos textos originais.

    Esse é uma das coisas que acaba me desmotivando ainda mais para iniciar um blog, onde existe todo um esforço para criar um texto novo da melhor forma possível para que algum malandro com copy e paste se aproprie dele, ou até automaticamente.

    Mas ainda em tempo, as suas novas medidas acabaram prejudicando a turma do RSS. Todas as imagens visualizadas no meu agregador de RSS agora estão com o aviso pirata.

    Abraços

  • Geraldo Garcia

    Gabriel,

    Verdade… Os RSS estão saindo com o bloqueio nas imagens. Estou estudando uma forma de resolver essa situação. Até lá peço que os colegas do RSS tenham um pouco de paciência, aproveitem o conteúdo textual e vejam as imagens on-line.

    Não esquecerei desse problema e tentarei achar uma solução.

    Abraços.

  • Geraldo, eu uso o diHITT e acabei indicando tua página por lá.
    Só gostaria de saber se há algum problema ter feito essa indicação.

    Abraços e obrigado pelo texto.
    link: http://www.dihitt.com.br/fabiocmartins/enviadas

  • jusarra

    E onde estão as fontes para esta informação? Você falou DIRETAMENTE com o google? Ou pegou esta informação em algum jornal e não deu o crédito. É muito fácil reclamar dos outros…

    • Geraldo Garcia

      Hehehe… É tão fácil identificar um dos “vitimados desgostosos”.
      Você não lê os “reports” do Google? Deveria!
      Meus textos são originais, embora isso deva ser um conceito novo para você, e, neste caso, não cita qualquer outro texto, logo não tem o que creditar. O fato comentado é público e notório e não uma “notícia segundo uma fonte específica” e o texto é sobre o impacto desta notícia no meu site e nas minhas publicações.
      Mas sinta-se livre para usar o link que forneci algumas respostas acima.
      Abraços.

Deixe uma resposta para Mad Cancelar resposta

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>